Press ESC to close

Bitcoin

Investir em Bitcoin, como começar? A bitcoin é a primeira criptomoeda do mundo, nascida em 2009, e é também aquela com mais capitalização de mercado. Nesta seção encontrarás todas as informações relativas à Bictoin (BTC).

Trading de Bitcoin: o que são bitcoins e como funcionam?

O que são Bitcoins? Para que servem? Bitcoin é uma moeda eletrónica, também chamada de criptomoeda, criada em 2009 por Satoshi Nakamoto , um inventor cuja identidade nunca foi verdadeiramente confirmada e que pensou em replicar no sistema uma teoria anterior que o mesmo autor teve a oportunidade de apresentar na web alguns anos antes.

Como funciona a Bitcoin: principais características

Esta criptomoeda tornou-se famosa nos últimos anos. Em essência, é mais do que uma moeda digital, é um sistema que não usa entidades centrais para realizar transações, usa, em vez disso, um banco de dados localizado na rede, chamado blockchain.

Nesse contexto, as transações realizadas pelos usuários são mantidas em sigilo, protegidas por criptografia, o que garante a segurança e a exclusividade das operações.

Por agora, resta-nos aprofundar um pouco este tópico antes de investir realmente em Bitcoin.

Quem é Satoshi Nakamoto?

O criador do sistema Bitcoin é Satoshi Nakamoto , um cientista da computação que foi capaz de apresentar as suas ideias sobre o mundo das crypto até o final da última década, entre 2008 e 2009, e que esteve pessoalmente envolvido nos estágios iniciais do desenvolvimento do projeto.

A sua identidade nunca foi revelada: o fundador preferiu permanecer em completo anonimato.

Em 2010, Satoshi Nakamoto abandonou o projeto para outros desenvolvedores. É precisamente o anonimato do seu fundador que contribuí para levantar preocupações dado que, ainda que não se reflitam na abordagem típica do Bitcoin, uma das características do sistema está, intuitivamente, ligada ao fato de que nenhuma autoridade pode controlá-lo, mas pode ser gerido por todos os usuários.

Por outras palavras, ninguém – muito menos o próprio Nakamoto – pode ou pode possuir a rede Bitcoin por si mesma.

Sendo, de certa forma, “revolucionário”, o Bitcoin é de fato controlado por todos os usuários, enquanto os desenvolvedores são solicitados a melhorar o software.

Para que servem as Bitcoins e como funcionam as transações?

Bitcoin como funciona

Como funciona a Bitcoin

A primeira coisa que precisamos entender é que, precisamente devida à sua estrutura específica, a Bitcoin não é uma moeda com curso legal.

A razão dessa especificidade, tal como afirmámos no início, pode ser encontrada na natureza descentralizada do método de criação da moeda, cuja quantidade, no entanto, foi limitada previamente.

As Bitcoins são transferidas sem a supervisão de uma entidade externa, mas com uma troca direta entre as partes.

O cliente Bitcoin usado pelo usuário que vende a moeda tem a tarefa de transmitir a transação para os nós mais próximos da rede, que, por sua vez, propagam o pagamento pelo resto da base de dados.

As transações são geralmente gratuitas, mas espera-se uma taxa para apoiar o gerenciamento do mecanismo do nó.

Bitcoin: como funciona e quantas bitcoins existem em circulação?

Como já referimos, o número de bitcoins em circulação é predeterminado, com planos de atingir um limite de 21 milhões de unidades.

A disponibilidade de novas moedas aumenta a cada 4 anos, em 2019 existem cerca de 17 milhões de unidades.

Uma vez que a distribuição das novas moedas ocorre com uma progressão geométrica (acredita-se que o interesse no sistema está a aumentar), resulta também na abertura de margens de avaliação evidente sobre o risco de uma deflação de valor, com aumento do valor real, devido à escassez da nova moeda.

A Bitcoin falhará?

bitcoin

Uma das previsões mais recorrentes na web relaciona-se com o fracasso da Bitcoin.

Trata-se é uma previsão nefasta, que periodicamente volta a estar presente na rede (principalmente sempre que o valor da moeda sofre uma depreciação).

No entanto, naturalmente que se pode excluir à priori que o sistema possa entrar em colapso.

Mas por que razões isso aconteceria? Iremos resumir as principais.

A criptomoeda desvalorizará muito?

O risco de desvalorização da moeda está longe de ser insignificante e tenderá a aumentar à medida que as novas moedas forem colocadas em circulação.

Obviamente, isso não significa que a falha do sistema deva necessariamente coincidir com a desvalorização.

No entanto, o sistema deve evitar uma queda drástica do seu valor, que dificilmente seria restaurável.

A moeda não será mais usada?

O risco é aleatório o suficiente para ser calculado com precisão.

No entanto, não podemos excluir que, para vários determinantes (falhas de segurança, volatilidade excessiva, dificuldades de acesso, substituição de bitcoins por outro sistema de criptomoeda etc.), cada vez menos usuários podem estar interessados ​​na Bitcoin, o que põe em causa a sustentabilidade de todo o sistema.

A moeda será contestada pelos governos?

É uma das teorias mais frequentes.

Segundo alguns analistas, a Bitcoin não seria apreciada pelos governos e bancos centrais porque não é uma moeda “controlável”. Na realidade, é muito difícil para os governos terem a intenção ou a possibilidade efetiva de banir a Bitcoin e outras moedas digitais.

De qualquer forma, sabe-se que a China e a Coréia do Sul baniram as OICs , que é o primeiro processo de criação de uma nova criptomoeda.

Bitcoin como funciona: como é que as bitcoins são transferidas tecnicamente

bitcoin-invest

Investir em BitcoinMesmo que este não seja o local mais adequado para entender como, tecnicamente, é realizada a transferência de bitcoins, ainda pode ser útil tentar aprofundar o tema, definindo a Bitcoin como uma espécie de evolução “dedicada” do peer-to-peer.

O cliente (ou seja, o software através do qual as transferências das moedas ocorrem) é gratuito e deriva do código do fundador.

O software permite transferências de moeda entre contas diferentes, usando um sistema de criptografia de chave pública.

Isto pressupõe que todas as operações são públicas e armazenadas num banco de dados usado para confirmá-las e impedir a possibilidade de gastar a mesma moeda duas vezes.

Em resumo, quando um utilizador deseja transferir a moeda para outro utilizador, o sistema não aceita nada além de aceitar a declaração de “renúncia” da propriedade da moeda, adicionando a chave pública (ou seja, o endereço do bitcoin, uma espécie de ponto de envio ou recebimento de todos os pagamentos, que qualquer usuário pode solicitar, mesmo em número maior que um) do usuário receptor.

A mensagem assim composta (com a assinatura da chave privada do usuário) é então encaminhada pela rede peer-to-peer, com os nós que validarão as assinaturas e a quantidade dos dígitos, antes de aceitar a transação.

Como funciona a Bitcoin: existe o risco de que as moedas sejam “duplicadas”?

Saber como as bitcoins funcionam leva-nos a responder que o risco de duplicação de moedas é mínimo.

De fato, o sistema é baseado numa rede que faz registos de data e hora, atribuindo identificadores sequenciais a todas as transações.

Sem entrar em detalhes excessivos, sempre que uma transação é realizada (como por exemplo no parágrafo anterior, o utilizador A transfere a propriedade de sua moeda para o utilizador B), o mesmo inicia na rede no estado “não confirmado” .

A transição para o estado “confirmado” ocorre apenas quando o sistema verificar a chamada “cadeia de blocos”, o mecanismo pelo qual a Bitcoin se tenta proteger (e proteger consequentemente os seus utilizadores) contra o risco de golpes e mau funcionamento.

Lembra-te de que, no entanto, o recurso aberto do protocolo e software originais favoreceu a criação de novos programas e bibliotecas que conseguem implementar o protocolo Bitcoin de forma independente, simplificando frequentemente o uso do sistema (às vezes permitindo ao utilizador receber transações sem precisar fazer o download de toda a cadeia de blocos ou de uma única versão reduzida, ou conectando-se ao cliente original para estender suas funções e assim por diante).

Para que são usadas as bitcoins? Podem ser levantadas no multibanco?

Não é possível levantar a Bitcoin nos multibancos, como acontece com as outras moedas.

Para que servem as bitcoins se não podem ser levantadas no multibanco? Por ser uma moeda digital, esta não existe na forma metálica ou em papel, mas é possível depositar ou retirar bitcoins duma carteira eletrónica existente nos dispositivos móveis. Graças às carteiras eletrónicas e às trocas, é possível trocar bitcoins com outras criptomoedas, mas também com euros e dólares.

O eTorox é a troca de criptomoedas do eToro. 

Como são usadas as Bitcoins?

A longa série de apresentações mencionadas acima pode desencorajar alguns dos nossos leitores a realizar operações num sistema que pode não ser totalmente claro.

Na realidade, a bitcoin pode ser considerada um mero aplicativo para telemóvel, tablet ou computador, capaz de fornecer uma carteira pessoal para ter acesso a bitcoins, e que permite ao utilizador enviar e receber bitcoins.

Como a Bitcoin funciona: é possível “ganhar”?

Como referimos, as novas bitcoins são emitidas continuamente de acordo com um plano de expansão predefinido.

Para onde vão essas novas bitcoins?

Pode ser útil relembrar que as criptomoedas podem ser doadas a todos os utilizadores do sistema, através de um mecanismo que “recompensa” os utilizadores que disponibilizam o poder computacional do hardware especializado para bitcoins. Trata-se da mineração.

A autenticidade de cada transação é protegida por assinaturas digitais que correspondem ao endereço do remetente, permitindo assim que todos os utilizadores tenham controle total sobre as bitcoins enviadas a partir do seu endereço.

A participação ativa do computador do utilizador no sistema descrito acima é, portanto, “remunerada” (as aspas são obrigatórias) no bitcoin.

Como a bitcoin funciona: vale a pena investir?

bitcoin

A Bitcoin é a criptomoeda mais importante no cenário internacional, além de ser a primeira (introduzida em 2009). Com o tempo, a Bitcoin percorreu um longo caminho, atingindo, no final de 2017 o valor de US $ 20.000 por bitcoin.

À pergunta: “vale a pena investir em bitcoin?”, a  nossa resposta é: depende de ti. Se acreditas no projeto, podes avaliar a compra, caso contrário, não. De acordo com o aviso de isenção , não fornecemos consultoria sobre investimentos, a escolha será sempre tua.

Vamos agora ver uma etapa importante da Bitcoin juntos.

22 de maio de 2010: a data da primeira transação para comprar produtos feitos com bitcoin. O propósito? Comprar duas pizzas. Despesa total: cerca de 10.000 bitcoins, porque após 1 ano da sua criação as bitcoins valiam pouco ou quase nada.

Essas duas pizzas custariam apenas US $ 25 em dinheiro “real”, mas foram pagas em bitcoin – felizmente para o comerciante que as recebeu. No momento da redação do artigo (1 bitcoin = US $ 10.000), esses 10.000 bitcoins valem algo como mais de US $ 100.000.000.

Bitcoins como funciona

Bitcoins como funciona

Isso mesmo: essas 2 pizzas, com a taxa de câmbio de hoje, foram compradas por mais de cem milhões de dólares!

As Bitcoins, como todas as outras criptomoedas, são caracterizados por uma forte volatilidade: o seu preço geralmente sofre alterações num curto espaço de tempo, inclusivé no próprio dia.

Atualmente, as bitcoins também podem ser usadas ​​para transações e compras normais, embora alguns investidores decidam mantê-los para si mesmos com a esperança de que o preço cresça ao longo do tempo.

No passado, as Bitcoins ainda eram vistos como uma moeda para alguns “insiders” . Até agora, as Bitcoins tornaram-se notícia diária e são conhecidos em todo o mundo.

Futuro derivado do Bitcoin: recursos

A Bitcoin passou por três “forks”: o primeiro levou à introdução do Bitcoin cash, o segundo ao Bitcoin Gold e, finalmente, ao Bitcoin Private.

Devemos especificar que para investir em Bitcoin, existe outro método, que não requer a sua compra direta.

Estamos a falar sobre a negociação de CFD, que mostraremos nos próximos parágrafos. Esta é uma forma de investimento que permite que começar a investir mesmo com algumas centenas de euros,  usando também ferramentas de alavancagem que permitem multiplicar o capital investido. No entanto, lembra-te que, de acordo com os regulamentos da ESMA , os comerciantes de varejo podem usar uma alavancagem máxima de 2:1 para negociar em criptomoedas.

Como investir em Bitcoin

Invest-bitcoin

Vamos então à parte mais “operacional”: como investir em Bitcoins?

O investimento em Bitcoin tem características praticamente “únicas”.

Considera, por exemplo, o fato de que – ao contrário do que acontece com outras moedas – a Bitcoin não é muito influenciada pelos elementos da análise fundamental (como notícias económicas, políticas ou financeiras). Quem se concentra em bitcoin geralmente visa prever a evolução dos preços das criptomoedas com base em análises técnicas.

Com antecedência, vamos ver em detalhes o que fazer para investir em bitcoins .

A primeira coisa é, por mais intuitiva, adquirir Bitcoins através das possibilidades confiadas ao broker. Atualmente, todos os principais intermediários permitem que seus utilizadores possam investir em Bitcoin em condições particularmente convenientes.

O processo é extremamente simples e intuitivo e semelhante ao que aconteceria se pretendemos comprar dólares ou euros ou outros ativos financeiros: ou seja, devemos abrir uma conta de trading, efetuar um pagamento em dinheiro real, fazer o download e/ ou acessar a plataforma de negociação e realizar a transação de compra.

Uma vez adquiridos, as bitcoins podem ser armazenados de várias maneiras.

Por exemplo, podemos movê-los para o nosso próprio disco rígido, possivelmente externo e desconectado da rede (o chamado “armazenamento a frio”), ou até mesmo recorrer à carteira de papel, um documento que contém todos os dados necessários para gerar chaves privadas através da propriedade de um certificado físico.

Como é fácil perceber, os brokers têm como objetivo permitir que o utilizador armazene os seus bitcoins diretamente numa carteira online, armazenando com segurança os códigos. Um exemplo do que referimos é o eToro.

Outra maneira de investir em Bitcoin é recorrer ao uso de ações em empresas que investem em Bitcoin.

Este é um tipo de investimento “derivativo”, que permitirá que você entre no setor de bitcoin de uma forma indireta.

Cuidado para não confundir a forma técnica de uso:

É na sua totalidade um investimento em ações, enquanto as bitcoins constituirão exclusivamente o objeto de negociação (através da sua gestão e compravenda) da empresa-alvo do teu investimento.

Como ganhar dinheiro com bitcoins – trading de bitcoin com CFDs

Agora que resumimos como os bitcoins funcionam e como investir nesta criptomoeda, abordemos a questão mais complexa: como ganhar dinheiro com bitcoins?

Vamos começar afirmando que o método mais fácil de investir em Bitcoin e procurar um lucro substancial é representado pela possibilidade de poder investir em criptomoeda por meio de CFDs, os contratos por diferença.

Por outras palavras, mesmo que seja possível investir em Bitcoins com um horizonte temporal mais amplo, não há dúvida de que as principais oportunidades de lucro são alcançáveis ​​num curto prazo.

Salientamos que, tal como é possível ganhar com bitcoins, também é possível perder! Se, de fato, a direção do valor do Bitcoin não é a esperada, sofreremos uma perda, sendo portanto necessário termos muito cuidado.

Devemos tentar encontrar um período de referência suficiente para o nosso investimento, o valor a ser alocado para o uso e o resultado esperado, a fim de obter oportunidades úteis de rentabilidade.

Atualmente, todos os principais brokers permitem investir em CFDs de Bitcoin.

Como este é um investimento que inclui um alto grau de risco , é necessário lembrar que antes de investir em bitcoin, é aconselhável planear uma estratégia mais ampla de gestão da nossa carteira.

Portanto, poderia ser útil reservar alguns dias para elaborar um plano (formal e escrito) para investires as tuas economias, percebendo qual é teu conhecimento financeiro real, quais são as tuas experiências, qual é teu horizonte de tempo e qual é tua propensão a risco.

Feito isso, deves também procurar afetar uma minoria da tua carteira para o investimento em bitcoin, limitando-te talvez a 2-3% do total de ativos. Evita também as emoções bruscas como um desejo apressado de ganhar: investir em Bitcoin é muito difícil e, embora seja verdade que a volatilidade implícita neste instrumento garantirá grandes margens de retorno, é igualmente verdade que essas margens são na mesma medida as possibilidades de alcançar um resultado indesejável.

De qualquer forma, não desanimes.

Como todos os traders mais experientes poderão destacar, o profissional de sucesso certamente não é aquele que deve ter a ambição utópica de fechar todas as posições de ganho, mas aquele que é capaz de assumir – com uma estratégia de gestão planeada do seu próprio dinheiro – as decisões apropriadas em caso de perda.

O “segredo”, também neste caso, é procurar uma melhor diversificação da carteira, diminuindo o nível de correlação dos ativos incluídos na tua carteira e, consequentemente, diminuindo o nível de risco geral.

Voltando ao investimento em bitcoin, para saber os preços e o gráfico em tempo real é muito simples. Antes de mais, os brokers oferecem recursos pontuais e bem integrado às plataformas de negociação. No início deste texto, no entanto, podes ver o gráfico em tempo real do bitcoin em dólares.

Cada corretor habilitado para trading de bitcoin permitirá que tenhas representações gráficas semelhantes, geralmente em candlestick, mais ou menos personalizáveis ​​e manobráveis ​​para os teus próprios fins de análise técnica.

negociação de CFD de bitcoin

Trading CFDs Bitcoin

Como investir em Bitcoin no eToro

etoro bitcoin

eToro bitcoin

O broker eToro é um dos brokers CFD mais conhecidos, sobretudo porque é o broker líder no setor do Trading Social.

Graças ao comércio social, é possível seguir outros comerciantes (incluindo profissionais) e copiar os seus negócios automaticamente.

Além disso, o broker eToro também introduziu recentemente a função eToro CopyPortfolios, graças à qual agora é possível acompanhar e copiar as operações de carteiras de investimentos reais.

Na plataforma de negociação eToro, também projetada para traders inexperientes, oferece a possibilidade de ter acesso a uma conta demo gratuita com a qual praticar sem riscos.

Bitcoin trading CFD na Plus500

 

 

 

 

 

plus500 mobile app

Plus500 broker 

O broker Plus500 foi uma das primeiras plataformas a abrir as suas portas online e hoje é um dos brokers mais usados na negociação de CFDs.

Entre outras coisas, a Plus500 foi também o primeiro broker a introduzir bitcoins como um ativo selecionável nas suas transações de CFD.

A inovação é parte integrante do modelo de negócios deste broker que continuou a melhorar ano após ano, até oferecer milhares e milhares de ativos diferentes com os quais negociar CFDs e também a possibilidade de usar uma conta demo gratuita para praticar com segurança.

Invista em Bitcoin com a negociação IQ Option CFD

Se optares por operar com a plataforma IQ Option, poderás investir usando 3 instrumentos BTC / USD.

Os três oferecem experiência de negociação máxima, mas também devem ser usados ​​de maneira diferente, com base na orientação de longo / curto prazo e no estilo de negociação pessoal.

Naturalmente que, para investir com o IQ Option, a primeira coisa a fazer é abrir uma conta de negociação online, demo ou real.

Lembra-te que, com a IQ Option, podes negociar com uma conta demo gratuita com € 10.000 virtuais ou com uma conta real, graças ao depósito mínimo de € 10 e negociações mínimas de $ 25.

A partir deste momento, escolhe o ativo com o qual queres negociar e, de seguida, a criptomoeda Bitcoin.

A estratégia neste caso é simples, tudo o que precisas fazer é comprar ou vender Bitcoins e manter a posição aberta pelo tempo necessário para cobrir o spread e obter um lucro razoável.

Na IQ Option, operar com Bitcoins é muito semelhante a operar com o trading de Forex.

Recursos de trading de Bitcoin com a IQ Option

Deverás comprar a criptomoeda se acreditares que o preço do BTC provavelmente subirá ao longo do tempo, enquanto que deves vender no caso de o preço do ativo cair.

Observa que, para aproveitar ao máximo, precisas considerar as tendências de longo prazo e as ferramentas de análise técnica que devem ser levadas em consideração ao comprar e vender Bitcoin diretamente.

Presta também atenção ao fato de que não há multiplicadores disponíveis para a compra de criptomoeda.

Isso facilita muito o investimento e a manutenção do teu capital, visto que é muito difícil perder todo o capital de investimento numa única transação, se usares uma boa estratégia de diversificação de portfólio.

Os ganhos dependem da diferença entre os preços de abertura e de fecho.

Quanto maior o preço da Bitcoin longe de tua posição inicial, maior o teu lucro.

Opção de CFD Crypto IQ

CFDs ou contratos por diferença que têm criptomoedas como base são outra opção viável.

Em vez de comprar a própria criptomoeda, podes optar por investir no contrato e obter lucro considerando a diferença entre o preço atual e o futuro da Bitcoin.

Como no caso anterior, quanto maior a diferença, maior a margem de lucro.

No caso de tendências de curto prazo, todas as ferramentas de análise técnica devem ser levadas em consideração ao negociar CFDs.

Observa que negociar com CFDs também significa negociar no curto prazo, graças ao spread mais baixo.

Contratos de diferença são todos aqueles que não exigem flutuações significativas de preços para permanecer claramente positivo.

No caso de CFDs, também podes ter acesso ao multiplicador ou à alavanca que pode ser usada para controlar posições mais altas do que poderias pagar.

Lembra-te que tanto a lucratividade quanto o risco potencial são multiplicados.

Negociação de criptomoedas com a IQ Option

O IQ Option permite negociar em criptomoedas e com um sistema criptográfico que torna os processos de gestão de transações seguros.

Com o IQ Option, podes investir sempre e apenas de maneira profissional, pois além de ser um broker regulado, oferece negociações mínimas de € 1 e um depósito mínimo de apena € 10.

Podes sempre optar por investir tranquilamente com a IQ Option e a sua plataforma de trading online.

Escolhe investir para cima ou para baixo em:

  • Bitcoin;
  • Dash;
  • Ethereum;
  • IOTA;
  • Litecoin;
  • Ripple.

IQ Option – criptomoedas: informações gerais

País de origem

Moeda Quantidade em circulação Capitalização de mercado Crescimento
(últimos 6 meses)
Bitcoin 16.447.212 BTC $ 38.685.158.401 288%
Dash 7.425.286 DASH $ 1.257.442.516 1408%
Ethereum 93.272.220 ETH $ 19.039.378.362 2067% Suíça
IOTA 2.779.530.283 MIOTA $ 558.857.918 -61%
Litecoin 51.983.932 LTC $ 2.382.226.082 1148%
Ripple 38.291.387.790 XRP $ 7.493.969.213 2787% Países Baixos

Como e onde comprar Bitcoin: eis os melhores sites

MeteoFinanza 0 Comments

Comprar bitcoins é uma atividade que muitos traders, investidores ou entusiastas de criptografia têm vindo a desenvolver há muitos anos. Como funciona? Vejamos neste artigo! O que é Bitcoin? É uma rede descentralizada que permite a…

Meteofinanza Português

Meteofinanza Português

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
Entre 74 % e 89 % das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.